terça-feira, 25 de agosto de 2015

Declarado

Amor é pouco.
Pouco diante da intensidade.
Da sinceridade.
Da paz que trago no coração.
É mais que o viver...
O amor que tenho.
Que declaro...
É mais do que sonho.
É ar. Vento. Brisa.
Sol. Lua. Eclipse.
Mais do que viver.
Que deixar de existir.
É tudo. O nada.
É muito. O pouco.
É você. Sou eu.
O que faz de nós.
Nós.

Nenhum comentário: